Blog

Trash the dress: conheça o ensaio pós-casamento que é tendência

14/06/2017

casamento é um evento tão especial na vida dos noivos, que todas as etapas merecem ser curtidas ao máximo, não é mesmo? Antes do grande dia de subir ao altar, é comum fazer o famoso pré-wedding. Mas você sabia que existe outro tipo de ensaio, que é feito depois da cerimônia e da festa? É o trash the dress.

Ele já é muito comum nos Estados Unidos e cada vez mais vem ganhando a força no Brasil entre os casais apaixonados. Quer saber mais sobre o tema? Então, acompanhe este post porque contamos tudo sobre essa modalidade fotográfica!

O que é o ensaio trash the dress?

Ao pé da letra, trash the dress significa destruir o vestido. Parece estranho? Mas não é não! Primeiro, saiba que a proposta não é jogar no lixo ou atear fogo em nada. A ideia é que os noivos sejam fotografados em momentos descontraídos e espontâneos, nos quais o vestido é sujo, rasgado, ou seja, destruído.

Sendo assim, o objetivo do ensaio trash the dress é deixar para trás toda a ansiedade e estresse que surgiram durante os preparativos da cerimônia e da festa de casamento.

Agora, é hora de se divertir, fazer muitas poses inusitadas, sem a preocupação de sujar o vestido ou estragar a maquiagem e o cabelo.

Esse é um momento despreocupado, quando os noivos se entregam completamente e a alegria transparece em cada uma das fotos.

É preciso destruir o vestido da noiva de verdade?

Em sua terra de origem — os Estados Unidos —, a tradição é destruir o vestido literalmente. As noivas americanas são radicais e levam o conceito ao pé da letra.

Enquanto, aqui no Brasil, a situação é mais tranquila. As mulheres brasileiras não costumam estragar o vestido completamente. O que ocorre é que elas não têm medo de sujar, molhar ou mesmo ter algum rasgadinho na peça.

Considerando que o costume por aqui é alugar o vestido em vez de comprá-lo, é possível reservar um traje exclusivamente para esse ensaio. Assim não ocorrerá nada com a peça que foi usada no dia do casamento.

Mas se você decidiu comprar o seu próprio vestido de noiva, você ainda pode escolher entre usar o mesmo da data da celebração ou alugar uma peça à parte.

Por fim, não é obrigatório nem mesmo fazer o ensaio com um vestido de noiva, um branquinho básico já fica bem bonito nas fotos.

Como é feito o ensaio?

A dinâmica do ensaio trash the dress é muito parecida com a de outras modalidades. A grande diferença é que, nesse caso, não há receio em estragar as roupas, o que proporciona mais liberdade para o casal se soltar e para o fotógrafo inovar em seus cliques.

Para um bom resultado final, é interessante que seja feito da maneira mais descontraída e animada possível. Para isso, os noivos devem estar muito à vontade para caminhar descalços, deitar na grama ou mesmo entrar no mar com o figurino completo de casamento.

O fundamental é desencanar e demonstrar alegria, irreverência e espontaneidade. Por conta disso, contratar um fotógrafo que domine esse estilo fará toda a diferença, pois o profissional saberá deixar o casal à vontade, poderá sugerir poses e buscar ângulos inovadores que tem tudo a ver com a proposta.

Portanto, deixe a vergonha de lado e apenas se divirta. Até porque a fase de organização do casamento já passou e agora é só curtir a nova vida.

Qual é o melhor lugar para fazer?

A grande verdade é que não existe um lugar certo para fazer o ensaio. Existem muitas possibilidades de locações que geram fotos surpreendentes, como praias, parques, cachoeiras, fazendas, entre outros cenários naturais.

Sendo assim, a única regra é que o casal escolha um local que esteja de acordo com a sua própria energia. Por exemplo, para aqueles que têm um estilo de vida bem urbano, seria diferente fazer um ensaio fotográfico no meio de uma grande avenida, como a Paulista, não é mesmo?

Já para aqueles mais românticos, um parque passa a ideia de conto de fadas. Enfim, os mais diferentes lugares podem gerar ensaios incríveis.

Além disso, há a opção de fazer o ensaio no destino da lua de mel. Como é normal que esses roteiros incluam lugares paradisíacos, é possível aproveitar o cenário para fazer essas fotos também.

Quando é o momento ideal?

Como comentamos lá no início do post, o trash the dress é um ensaio pós-casamento, ou seja, realizado depois de todas as celebrações.

Devido a isso, é comum que o casal faça as fotos cerca de um mês após o casamento, depois de voltar da lua de mel, abrir todos os presentes e colocar a casa em ordem.

Esse é ainda um período de muita animação e euforia, o que é ótimo para proporcionar fotos lindas e com um clima de paixão.

Também é possível fazer a sessão de fotos antes de fechado um mês após o casamento ou mesmo durante a lua de mel.

O que não é recomendado é demorar muito para fazer o ensaio, para não perder a chance de registrar a curiosidade e a empolgação que os recém-casados carregam no olhar.

Por que fazer esse tipo de ensaio?

A celebração de um casamento é algo especial na vida de duas pessoas e que representa o começo de uma nova fase cheia de desafios e alegrias. Por conta dessa importância, todo o tipo de registro que você puder guardar desse momento, ajudará a eternizá-lo.

Além disso, como o trash the dress é realizado depois dos eventos, ele acaba sendo mais uma chance do casal reviver aquelas horas de emoção da cerimônia e da festa.

Por fim, mais um bom motivo para fazer o trash the dress é ter uma recordação diferenciada do casamento. Já que esse estilo não segue padrões específicos, o seu ensaio nunca será igual ao de mais ninguém. Isso permite exclusividade e uma lembrança única.

Portanto, não tenha receio ou vergonha, apenas viva mais essa experiência. No mínimo, vocês terão fotos divertidas e cheias de emoção e algumas histórias animadas para contar para os amigos e familiares.

Curtiu o ensaio trash the dress? Ficou com vontade de fazer o seu? Aproveite e confira as dicas para escolher o estúdio de fotografia e vídeo!


Comentários